UEFA / FIFA

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 17 dez 2014 21:07

Tópico para assuntos relacionados com estas instituições do futebol

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 17 dez 2014 21:07

Michael Garcia demite-se do Comité de Ética

Michael Garcia apresentou a demissão do Comité de Ética da FIFA, um dia depois de o organismo ter rejeitado o recurso que apresentou para que fosse divulgado, na íntegra, o relatório que elaborou sobre alegados favorecimentos nos processos de atribuição dos Mundiais de 2018 e 2022 à Rússia e ao Qatar, respetivamente.

«Durante os primeiros anos depois da minha nomeação como presidente independente do órgão de instrução do Comité de Ética da FIFA, em julho de 2012, senti que o Comité de Ética estava a fazer progressos reais. Nestes últimos meses isso mudou», escreveu o norte-americano em comunicado.

Garcia recordou que o extenso relatório elaborado, a pedido da FIFA, identificava «graves e importantes irregularidades no processo de candidatura e seleção» de ambas as competições, detalhes que foram omitidos no sumário de 42 páginas apresentado pelo juiz alemão Hans-Joachim Eckert, colega no Comité de Ética.

«Preocupado com uma falta de transparência que não servia os interesses da FIFA», Garcia apresentou um recurso para que fosse divulgado na íntegra o referido relatório, pedido que foi ontem recusado pelo organismo que rege o futebol mundial.

«A falta de liderança da FIFA nestes assuntos leva-me a concluir que o meu papel neste processo está terminado», concluiu.

ABOLA

Demissão de Garcia surpreende Blatter, Platini fala em fracasso

O presidente da FIFA reagiu ao pedido de demissão de Michael Garcia do cargo de presidente do Comité de Ética do organismo.

«Estou surpreendido com a decisão do senhor Garcia», disse Joseph Blatter em Marrocos, onde está a assistir ao Mundial de Clubes, recusando alongar-se em mais comentários:

«Acabámos de receber essa informação e não posso fazer mais comentários. Fá-lo-ei amanhã durante o Comité Executivo.»

A FIFA emitiu um comunicado afirmando que a demissão de Michael Garcia tem «efeitos imediatos» e que um novo presidente do Comité de Ética será eleito na próxima reunião do Comité Executivo.

Já Michel Platini, presidente da UEFA, considerou um fracasso para a FIFA a saída do investigador que fez o relatório sobre as alegadas irregularidades nos processos de atribuição dos Mundiais de 2018 e 2022.

««O Comité de Ética da FIFA foi criada para melhorar a transparência deste processo, era isso que queríamos mas, no final, veio causar mais confusão. A demissão do senhor Garcia é um fracasso para a FIFA», disse em declarações à BBC.

ABOLA

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 18 dez 2014 09:59

Demissão de Garcia: golpe certeiro na transparência da FIFA

A demissão de Michael J. Garcia é mais um episódio negro em todo o processo de atribuição das organizações dos Mundiais 2018 e 2022.

O prestigiado causídico norte-americano afastou-se do Comité de Ética da FIFA por entender que as conclusões da sua longa investigação não estavam a ser tratadas dignamente. Interpôs um recurso sobre os dados referidos no relatório e perdeu.

Em causa está, de acordo com o próprio Garcia, a perda de confiança num dos outros integrantes do Comité, Hans-Joachim Eckert.

«O resumo de Eckert fez-me perder confiança na independência dos decisores da FIFA. No entanto, é a falta de liderança da FIFA nestes temas que me levou a concluir que o meu papel neste processo tinha chegado ao fim», escreveu Garcia, em comunicado.

As críticas fortes ao papel da FIFA em todo o processo de investigação não ficaram por aqui.

«Nenhum comité independente ou investigador conseguem mudar a cultura de uma organização. Nos primeiros dois anos da investigação senti que a Comissão de Ética estava a fazer um progresso real nas questões de ética mas, nos últimos meses, isso mudou».

Michael Garcia recusa liminarmente as «edições, omissões e adições» efetuadas por Eckert no relatório que investigava supostas irregularidades na atribuição à Rússia e ao Qatar dos dois próximos Campeonatos do Mundo.

«Agora ficou claro, pelo menos num futuro próximo, que a decisão de Eckert ficará como a palavra final no processo de atribuição de sedes para os Mundiais 2018/2022», concluiu Michael Garcia.

Na missiva onde anuncia e explica a renúncia ao cargo que ocupava, Michael Garcia ataca o organismo regente do futebol mundial ao questionar, por exemplo, a forma como a cúpula do edifício continua a resistir «após anos de escândalos e críticas».

Michael Garcia foi nomeado em julho de 2012 para dirigir a câmara de investigação do Comité de Ética. No mesmo período, Eckert assumiu o comando da instância decisória. Pouco mais de dois anos após estas tomadas de decisão, as duas principais figuras do Comité de Ética entraram em rotura.

O Comité de Apelo considerou «inadmissíveis» as queixas levantadas por Michael Garcia relativamente a Eckert. Está instalada a polémica e, naturalmente, a desconfiança.

Quem é Michael Garcia?

O advogado norte-americano tornou-se famoso através de um processo contra um antigo governador de Nova Iorque, Eliot Spitzer, mas já antes dera nas vistas. Garcia esteve em vários casos levantados a supostos terroristas, no período pós-11 de setembro, e ganhou fama de ser implacável na sala de audiências.

Nova-iorquino e graduado pela Universidade de Binghampton, Garcia especializou-se em temas de grande impacto público: crimes financeiros, terrorismo internacional e segurança nacional dos EUA.

Entre 2005 e 2008 foi Procurador Geral e tornou-se num rosto familiar dentro do seu país.

-fut

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 19 dez 2014 16:09

Blatter garante Mundiais na Rússia e Qatar

Embora as duas candidaturas continuem envoltas em rumores de corrupção, o presidente da FIFA, Joseph Blatter garantiu, esta sexta-feira, que os Mundiais de 2018 na Rússia e de 2022 no Qatar vão mesmo acontecer.

«Esta decisão fecha a crise que tínhamos aberto. Dois peritos chegaram à conclusão que não é preciso revogar as decisões», afirmou Blatter.

O presidente da FIFA também anunciou que apresentar a recandidatura ao cargo.

«Neste momento tenho saúde e força para restaurar a reputação da FIFA e não descarto nova candidatura à presidência.»

ABOLA

Dragão de Platina
Avatar do Utilizador
Mensagens: 17073
Idade: 33
Registado: 06 jun 2013 12:51

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor RV Speciale » 19 dez 2014 18:50

O Comité Executivo da FIFA decidiu acabar com a propriedade de futebolistas por terceiros, ou seja, os fundos de investimento, a partir de 1 de maio de 2015.

"A interdição entrará em vigor a 1 de maio de 2015", indica o comunicado da entidade que tutela o futebol mundial, precisando que "os acordos já existentes devem ser mantidos até à sua expiração contratual" e que "os novos acordos assinados entre 1 de janeiro e 30 de abril de 2015" estarão limitados à duração máxima de um ano.

A FIFA tomou a decisão de interditar esta prática a 26 de setembro, com o seu presidente, Joseph Blatter, a considerar que a interdição não poderia ser feita de imediato.

A posse de parte dos passes dos jogadores por fundos de investimento é algo comum na América do Sul, Espanha e Portugal, com os direitos desportivos dos futebolistas a pertencerem aos clubes e a investidores.

http://www.ojogo.pt/Internacional/inter ... id=4306240

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 22 dez 2014 14:29

Blatter fala em «credibilidade» na mensagem de fim de ano

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, defendeu a importância de «restaurar a credibilidade do futebol», «o melhor desporto do mundo», na mensagem de fim de ano difundida pelo organismo que dirige.

«A opinião pública é importante», adiantou o suíço, que se mostrou orgulhoso de ter convencido os membros do seu executivo a divulgar publicamente todo o processo de investigação às eleições para Mundiais de 2018 e 2022, cuja organização foi atribuída a Rússia e Qatar, respetivamente.

Joseph Blatter abordou ainda a questão das reformas em curso na FIFA, que «levam sempre algum tempo», e o sentido da palavra ética, «algo que algumas federações não entendem o que significa».

O presidente da FIFA considerou ainda o Mundial-2014, organizado no Brasil, como o «número um», e que «a Alemanha foi uma justa vencedora, porque desde o primeiro jogo até ao último jogou ao ataque».

-fut

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 23 dez 2014 10:24

Quatro clubes punidos devido ao «fair play» financeiro

O Bursapor (Turquia), o Ekranas (Lituânia), o Cluj e o Astra Giurgiu (ambos da Roménia) foram impedidos de participar nas competições europeias pela UEFA, devido a infrações económicas.

Em causa estão dívidas a clubes e funcionários, que deram origem a uma investigação levada a efeito pelo Comité de Controlo Financeiro da UEFA.

O Astra Giurgiu, onde alinha o português Joãozinho, fica impedido de participar nas competições europeias nas próximas três temporadas, a não ser que consiga provar antes de 31 de janeiro de 2015 que pagou todos os valores em dívida. Terá ainda de pagar 100 mil euros de multa.

O Cluj, que conta os portugueses Mário Felgueiras, Camora, Tiago Lopes, Guima e Jaime, não poderá igualmente nas competições europeias nas próximas três épocas, caso não faça prova até 31 de janeiro de que saldou todas as dívidas, tendo ainda de pagar uma multa de 150 mil euros.

O Ekranas vai estar afastado das provas europeias durante duas temporadas e terá de pagar uma multa de 15 mil euros, sendo que a UEFA, no comunicado que emitiu, não prevê a possibilidade de liquidar as suas dívidas para anular a pena.

O castigo mais pesado recai sobre os turcos do Bursapor, que estará quatro épocas afastado das competições europeias, tem um ano para pagar os valores em dívida, sendo ainda multado em 100 mil euros.

abola

Site Admin
Avatar do Utilizador
Mensagens: 24836
Registado: 25 fev 2012 04:34

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Dragão do Sul » 23 dez 2014 20:21

Criaram uma regra e só os pequenos são incumpridores...


No One's iPhone

Dragão de Platina
Avatar do Utilizador
Mensagens: 25779
Registado: 10 mai 2012 15:25

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor fcporto » 23 dez 2014 22:52

Dragão do Sul escreveu:Criaram uma regra e só os pequenos são incumpridores...


No One's iPhone


O mesmo princípio decidiu o fim dos fundos.

tapa

Site Admin
Avatar do Utilizador
Mensagens: 54859
Registado: 10 fev 2012 17:01

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Fiori » 23 dez 2014 22:56

O mercado para o Marco Silva começa a diminuir :roll:


Enviado da minha lousa usando o Tapatalk
FioriCroquete Football,Cycling, assessor de bonecos com andarilho, credor de coronas a porcas & Events Agency

Dragão de Platina
Avatar do Utilizador
Mensagens: 25779
Registado: 10 mai 2012 15:25

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor fcporto » 23 dez 2014 23:14

Fiori » 23 dez 2014 21:56 escreveu:O mercado para o Marco Silva começa a diminuir :roll:


Enviado da minha lousa usando o Tapatalk



A nossa B é melhor que estar no desemprego.

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 24 dez 2014 16:02

Federação Togolesa de Futebol sob tutela da FIFA

A Federação Togolesa de Futebol (FTF) está sob tutela da FIFA até novembro de 2015, quando forem realizadas as eleições dos novos corpos gerentes dessa instituição. Esta decisão vem na sequência de divergências ocorridas na FTF e da inexistência legal de uma direcção desse organismo.

A FIFA já designou um comité de normalização, que vai proceder à revisão dos estatutos da FTF e à organização das eleições para escolher os membros da direção executiva.

O comité de normalização é liderado pelo antigo ministro togolês dos Desportos, Antoine Folly.

ABOLA

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 06 jan 2015 10:35

Príncipe jordano anuncia candidatura à presidência da FIFA

O príncipe jordano Ali Bin Al Hussein, vice-presidente da FIFA e representante da Ásia, anunciou a intenção de apresentar a sua candidatura à presidência da federação contra o cessante Joseph Blatter e o francês Jérôme Champagne.

«Sou candidato à presidência da FIFA porque acredito que é tempo de deixar as polémicas internas e voltar ao desporto», explicou, através da sua conta de Twitter.

-fut

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 06 jan 2015 14:17

Pedro Proença eleito o sexto melhor de 2014 pela IFFHS

O italiano Nicola Rizzoli, de 43 anos, foi eleito o melhor árbitro do mundo em 2014, pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS, sigla em inglês), numa lista em que o português Pedro Proença aparece no sexto lugar.

Rizzoli somou 131 pontos, e ultrapassou o inglês Howard Webb, que conseguiu 78. O português reuniu 34 pontos.

Eis a lista com os dez melhores:

1.º - Nicola Rizzoli (Itália): 131

2.º - Howard Webb (Inglaterra): 78

3.º - Felix Brych (Alemanha): 61

4.º- Bjorn Kuipers (Holanda): 45

5.º- Ravshan Irmatov (Uzbekistão): 37

6.º- Pedro Proença (Portugal): 34

7.º- Carlos Velasco Carballo (Espanha): 16

8.º- Marco Antonio Rodríguez Moreno (México): 13

9.º- Cunyet Cakir (Turquia): 13

10.º- Néstor Fabián Pitana (Argentina): 7

ABOLA

«As manchetes deverão ser sobre futebol e não sobre a Fifa» - Ali Bin Al Hussein

Ali Bin Al Hussein, príncipe jordão de 39 anos, atual vice-presidente da Fifa, vai ser o opositor de Blatter à presidência do organismo que tutela o futebol mundial, no próximo dia 29 de maio. O suíço vai tentar ganhar o quinto mandato.

«Está na altura de mudar o foco de controvérsia das administrações para o futebol», disse Hussein acrescentando que «as manchetes dos jornais deverão ser sobre futebol e não sobre a Fifa».

E quem é este candidato?

Ali Ali Bin Al Hussein é filho do falecido rei Hussein e da rainha Alia, que morreu num acidente de helicóptero em 1977. Frequentou a academia militar Sandhurst antes de entrar para as forças armadas do seu país e é cunhado do proprietário do afamado cavalo Sheikh Mohammed e governante do Dubai.

No currículo futebolístico Ali tem a defesa, bem sucedida, do levantamento da proibição imposta pela Fifa relativamente ao uso do hijab no futebol feminino.

ABOLA

Dragão de Ouro
Mensagens: 9118
Registado: 09 mai 2012 18:06

Re: UEFA / FIFA

Mensagempor Sr.Engenheiro » 07 jan 2015 14:42

«Jogadores não podem ser propriedade de instituições financeiras» - Platini

O presidente da UEFA congratulou-se com o facto de a FIFA ter avançado para a proibição de fundos de investimento, empresas que, segundo Michel Platini, têm como único objetivo explorar o futebol.

«Neste último ano, uma das nossas principais prioridades foi aumentar a transparência no que diz respeito à propriedade de jogadores e posso dizer que fiquei satisfeito como o que conseguimos fazer, visto que a FIFA finalmente decidiu apoiar a nossa iniciativa de banir a propriedade de jogadores por fundos de investimento», começou por dizer em declarações reproduzidas no site da Federação Portuguesa de Futebol, antes de acrescentar:

«Todos os anos, milhões de euros são perdidos para o futebol em benefício de empresas e agências que têm como único objetivo explorar a nossa modalidade. Temos visto jogadores perderem a sua independência e serem obrigados a jogar por equipa A ou B porque não são donos dos seus próprios passes ou destinos. Não podemos aceitar que os jogadores sejam propriedade de instituições financeiras.»

A luta para «proteger o futebol» vai continuar, tendo Platini os seguintes objetivos para o futuro: «Gostaria, por exemplo, de chegar a um ponto onde poderia garantir que o futebol fosse imune a tentativas de manipular resultados. Gostava também de saber que nunca mais teríamos de assistir a casos de descriminação racial contra jogadores dentro ou fora de campo. Temos campanhas importantes que melhoraram a situação mas ainda há muito para fazer. Quero também continuar a lutar para que os nossos clubes continuem a seguir os nossos princípios de Financial Fair Play, sabendo que estes princípios garantem estabilidade para o seu futuro.»

ABOLA

Próximo

Voltar para Mercado e Outros Clubes

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

!-- IF S_CAN_VOTE and L_POLL_LENGTH --a href=