EHF Cup (QR 2 - 1ª Mão): HC Ohrid 20-37 FC Porto

Dragão de Platina
Avatar do Utilizador
Mensagens: 22333
Registado: 12 mai 2012 17:42
Localização: Tomorrowland

Re: EHF Cup (QR 2 - 1ª Mão): HC Ohrid - FC Porto

Mensagempor Velho Son1c » 14 Oct 2017 18:11

jorgcastro » 14 Oct 2017 15:59 escreveu:
Velho Son1c » 14 Oct 2017 15:31 escreveu:Vencendo esta eliminatória entramos na fase de grupos da EHF ?

Não. Falta mais uma ronda, em que entram, entre outras, equipas alemãs e espanholas!
É possível que o FCP seja cabeça de série!

Velho Son1c » 14 Oct 2017 15:31 escreveu:Esta equipa do Ohrid da Macedónia é suposto ser complicada ou não ?

O actual campeão europeu é da Macedónia - Vardar!
Há duas equipas da Macedónia que jogam na SEHA!
O Ohrid é a melhor equipa da Macedónia, das que jogam a época toda na Macedónia!
São a terceira melhor equipa! Não são mancos, mas são acessíveis!



Pois, por ter ideia que a Macedónia em andebol era uma selecção boa e até me estava a esquecer do Vardar, é que achei estranho este amasso.
31-08-2014

The Fappening


Gallardo: "Y si no... desmiéntemelo"

Site Admin
Avatar do Utilizador
Mensagens: 30340
Registado: 26 fev 2012 15:03

Re: EHF Cup (QR 2 - 1ª Mão): HC Ohrid 20-37 FC Porto

Mensagempor Nuno » 16 Oct 2017 12:47

Vitória folgada na estreia europeia

FC Porto bateu o HC Ohrid por uns expressivos 37-20 na primeira mão da segunda ronda de qualificação para a Taça EHF

O FC Porto deu este sábado um passo importante rumo ao apuramento para a terceira ronda de qualificação para a Taça EHF, ao vencer, no Dragão Caixa, os macedónios do HC Ohrid por uns claros 37-20. Os azuis e brancos entrarão, assim, com uma vantagem confortável de 17 golos na segunda mão desta segunda ronda de qualificação, em que jogarão na condição de visitados, e que se disputa já este domingo, novamente no pavilhão portista (15h00, Porto Canal).

Na antevisão​ da estreia nas competições europeias nesta época, o treinador Lars Whalter assumiu o favoritismo dos Dragões frente a um adversário sem expressão internacional, mas a verdade é que o HC Ohrid, terceiro classificado da liga macedónia, entrou apostado em contraria-lo e chegou a ter, no início da partida, uma vantagem de três golos, tirando proveito de alguma permeabilidade na defesa e de alguns ataques precipitados por parte dos azuis e brancos.

Os alarmes soaram no banco do FC Porto e, quando ainda não se tinha cumprido o primeiro quarto de hora de jogo, o técnico dinamarquês viu-se obrigado a pedir um time out, que acabou por ter consequências quase imediatas dentro das quatro linhas. Os portistas começaram a explorar a falta de velocidade da equipa macedónia através de vários contra-ataques e, com um parcial de 6-0, depressa conseguiram retomar a liderança do encontro e, ao intervalo, venciam por uma margem quatro golos (16-12).

Na segunda parte, a história do jogo foi bem diferente. Os Dragões entraram determinados em construir uma vantagem confortável, impuseram um ritmo demasiado forte que o HC Ohrid, com uma evidente quebra física, não foi capaz de acompanhar e fizeram refletir no marcador a diferença de potencial entre as duas equipas. Ao fim de oito minutos, era já de oito golos a vantagem, que foi sendo naturalmente ampliada até a buzina soar pela última vez perante um adversário que conseguiu dar réplica apenas na primeira meia hora.

No final, Lars Whalter era um treinador satisfeito com a exibição da equipa, sobretudo no segundo tempo: “Entrámos a jogar de uma forma muita lenta, permitindo que o adversário fizesse o seu jogo, concedendo-lhes golos fáceis. Corrigimos os erros e conseguimos ir para o intervalo na frente. Na segunda parte, jogámos bem, aproveitámos a quebra física do HC Orid e construímos uma boa vantagem para a segunda mão. Amanhã não poderão ser só 42 minutos bons, terão que ser 60”.

Pode consultar aqui mais informações sobre os bilhetes para o segundo jogo com os macedónios.

FICHA DE JOGO

HC OHRID-FC PORTO, 20-37
Taça EHF, 2.ª ronda de qualificação, 1.ª mão
14 de outubro de 2017
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: André Philipp Buache e Marco Meyer (Suíça)

HC OHRID: Aleksander Stojanovski; Krste Andonoski (1), Martin Ivanoski, Jovica Mladenovski (1), Naum Kostov, Nikolce Risteski, Dervis Birdahic (4), Bojan Spasovski, Blagojce Trajvkovski, Daniel Andonoski, Lazar Adamovic (3), Josip Kezic (1), Slavisa Dimitrijeski (4) e Tomislav Kljaic (2)
Treinador: Goran Andonovski

FC PORTO: Alfredo Quintana e Hugo Laurentino; Victor Iturriza (2), Nikola Spelic (4), Yoel Morales (2), Miguel Martins (2), Angel Zulueta (5), Rui Silva, Daymaro Salina (2), José Carrillo (7), Diogo Branquinho (1), António Areia (6), Miguel Alves (3) e Aleksander Spende (3)
Treinador: Lars Whalter

Ao intervalo: 12-16

http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages ... -1718.aspx

Anterior

Voltar para Andebol

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

!-- IF S_CAN_VOTE and L_POLL_LENGTH --a href=